Cadete: o que é e como se tornar um?

Se você tem o sonho de ingressar em uma carreira militar, muito provavelmente sabe o que é um cadete ou pelo menos já ouviu falar nesse posto tão desejado por qualquer um que queira seguir essa carreira, falaremos um pouco mais desse posto adiante. 

Entretanto, para adiantarmos, trata-se de um posto inicial para qualquer militar que pretende alçar voos mais altos, como cargos de alta patente e comando, podendo ser encontrados em diversos órgãos, como o bombeiro militar, a polícia militar, o exército, entre outros. Sendo assim, temos que esse posto é o primeiro de uma longa carreira na instituição.

Mesmo sendo um cargo muito almejado pelas pessoas, grande parte delas ainda não sabe como fazer para se tornar um, bem como não conhece muito profundo a respeito desse posto. 

Se você é uma dessas pessoas que sonham em se tornar um cadete das forças armadas, mas ainda não sabe como, este artigo foi criado especialmente para esclarecê-lo sobre isso. 

Nele, vamos falar um pouco mais das características do posto de cadete, como a remuneração, as formas de se inscrever, os tipos de cadetes e muito mais. Portanto, se você quer ficar por dentro de todas estas informações, nós recomendamos continuar esta leitura.

O que é um cadete?

cadete

Cadete é o nome de um soldado em treinamento para posteriormente se tornar um oficial. Dessa forma, o aluno é um soldado em constante construção. Portanto, para o amadurecimento profissional, é preciso aceitar preparações intensas e rigorosas. 

Em sua formação, destaca atributos do campo emocional e a correta compreensão dos valores militares, que o habilitam a exercer as futuras funções de oficial. Os cadetes são futuros comandantes militares. Portanto, devem aprender todas as funções inerentes às suas posições subordinadas, pois devem saber realizar as atividades relacionadas ao funcionamento da força. 

 

O aluno da Academia Militar das Agulhas Negras que  conquista o título de cadete, tem o compromisso de servir à sua formação militar. Mora quatro anos em internato e, além de receber o salário exigido por lei, também conseguiu hospedagem, alimentação, auxílio e uniforme em nome do Exército. Durante este período, os cadetes realizaram ferozes atividades militares e civis.

Como se tornar um cadete?

Para se tornar um cadete, o interessado necessariamente precisa ser aprovado em um dos concursos mencionados a seguir:

 

  • Academia Força Aérea – AFA;
  • Escola Preparatória de Cadetes do Exército – EsPCEx (único meio utilizado para que os interessados possam ingressar na Academia Militar das Agulhas Negras);
  • Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar – CFOPM (presente em praticamente todos os estados brasileiros); e
  • Curso de Formação de Bombeiros Militares CFOBM (também presente em grande parte dos estados brasileiros.

 

Qual o valor da remuneração dos cadetes?

O valor dessa remuneração pode variar de acordo com a instituição escolhida pelo interessado. Nos casos dos aspirantes a oficial do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, o valor médio da remuneração inicial desses profissionais é de R$3300. 

 

Com relação ao valor médio da remuneração dos aspirantes a oficial da Força Aérea e do Exército Brasileiro, o valor é de R$1300. Cabe ressaltar que esse é o valor inicial.

 

Com o passar dos anos, as promoções e tempo de serviço poderão elevar bastante a remuneração dos oficiais, chegando a altos patamares.

Quais são os tipos de cadetes?

Como já mencionamos anteriormente, os cadetes são futuros comandantes das organizações que eles participam, principalmente as militares. 

 

Dessa forma, toda e qualquer força armada, do Brasil e do restante do mundo, utilizam escolas específicas para a formação desses profissionais. Em nosso país, os cadetes são caracterizados de acordo com a sua escola de formação, são eles:

 

  • Os cadetes bombeiros militares: são os alunos do curso de formação de oficiais do do CBM;
  • Os cadetes policiais militares: são os integrantes das instituições estaduais, onde são formados os oficiais que farão parte da PM de cada estado;
  • Os cadetes do Exército Brasileiro: são aqueles que fazem parte da AMAN; 
  • Os cadetes da Força Aérea: os que integram a AFA.

Cadetes da AMAN

Os cadetes da AMAN são vindos da EsPCEx, ou seja, eles são provenientes de outra escola, para depois passarem para a AMAN. Para simplificar, os cadetes passam um ano de formação no EsPCEx. 

 

Após esse período, eles se tornam aspirantes a oficial, sendo transferidos posteriormente para a AMAN, onde o curso de formação leva 4 anos para ser concluído. No segundo ano da AMAN, o cadete já está apto a escolher a sua arma, o que irá definir toda a sua carreira ao longo da jornada.

Cadetes da Aeronáutica

Os cadetes lotados na Força Aérea Brasileira podem ser provenientes tanto da EPCAR quanto do concurso realizado pela AFA. A EPCAR (Escola Preparatória de Cadetes do Ar) tem uma duração mínima de 3 anos, e, de maneira bastante simples, funciona de forma semelhante a um colégio militar, onde o aluno recebe uma remuneração para estudar durante esse período. 

 

Ao concluir o Ensino Médio, o aluno pode ingressar na AFA, sem a necessidade de prestação de um novo concurso para isso.

 

Entretanto, para as pessoas que pretendem ingressar na AFA através de um concurso, sem antes passar pela Escola Preparatória de Cadetes do Ar, podem passar por algumas dificuldades, principalmente em relação ao tamanho da concorrência enfrentada.

 

Bem como a quantidade de vagas ser muito menor, além da exigência ser mais elevada no que diz respeito aos conteúdos que serão abordados no concurso, entre vários outros. 

Cadetes aéreos são alunos que escolhem a força aérea.

 

Após a seleção preliminar, os cadetes da Força Aérea examinaram os preparativos de seu oficial. Como um posto militar especial, o posto do cadete é mais alto do que outros postos militares e tem precedência sobre outros postos militares; como um soldado ativo, ele tem um uniforme particular da Força Aérea. 

 

Este uniforme é um símbolo de autoridade militar, e desrespeitá-lo é um crime de desacato. Os cadetes da AFA se especializam em infantaria, gerenciamento ou aviação em seus 4 anos de treinamento, voando em aeronaves como as T-25 e T-27. 

 

Nesse período, são realizadas atividades de campanha, exercícios de sobrevivência na selva e no mar, exercícios de liderança e atividades esportivas.

Gostaram das dicas pessoal?

Já falamos em outro artigo tambem sobre dicas pra ir bem na entrevista de emprego, sugiro leitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.