Menor aprendiz: como funciona? Onde se inscrever? Clique agora!

Spread the love

É jovem e precisa trabalhar? Saiba tudo sobre o programa menor aprendiz :onde se inscrever, quem pode fazer e que empresas estão com vagas abertas, explicamos tudo, clique já!

Os jornais não param e falar nisso a todo momento. Vivemos uma crise econômica em nosso país, que tem feito muitas transformações em nosso meio de vida. Hoje em dia, as pessoas estão ingressando no mercado cada vez mais jovens. E uma das formas que tem feito isso ocorrer de forma legalizada e correta são os programas de incentivo ao jovem aprendiz. Hoje vamos explicar tudo que envolve esse programa, que tem inclusive apoio do governo para que as empresas participem e incentive essa prática. Confira a seguir conosco:

O que é o programa menor aprendiz?

menor aprendiz

O programa jovem aprendiz, que tem legislação própria, oferece uma ampla grade de cursos gratuitos a jovens maiores de 14 anos e menores de 24 anos encaminhados pelas empresas de vários setores, para que esses jovens tenham uma experiência de primeiro emprego em suas vidas e ingressem mais cedo no mercado de trabalho como um todo.Esse programa somente foi possível com a aprovação da lei trabalhista de dezembro de 2000, a Lei 10.097,1 que permitiu a existência do trabalho de aprendizes para essa faixa etária. Antes dessa lei, somente os adolescentes a partir dos 16 anos podiam trabalhar.

O Programa Jovem Aprendiz acontece em cerca de 500 municípios de todo o Brasil. A oportunidade é dada prioritariamente a famílias de baixa renda, estudantes que tenham alcançado boas notas na escola e participantes de programas sociais. Mesmo quem não concluiu o ensino médio pode participar, desde que comprove frequência escolar.

Como se inscrever no programa?

Um dos melhores sites para se cadastrar é o ESPRO – Clique aqui e se inscreva

Outro site interessante e que trabalha com isso é o CIEE, o programa é chamado de aprendiz legal. – clique aqui e se inscreva

Neste site existem mais de 800 empresas que abrem oportunidades ao Jovem Aprendiz, por meio de Programas de Aprendizagem. Quando surgem vagas para o Programa Jovem Aprendiz, os jovens são contactados pela área de Triagem e Encaminhamento do Espro, que realizam entrevistas individuais com cada um e aprovados nesta etapa, vão para entrevista com a empresa parceira

Importância do programa

É uma obrigação legal, mas, de qualquer forma, é importante por parte das organizações terem o conhecimento da legislação. Isso é fruto da atuação das entidades certificadoras, mas também de uma divulgação da Lei de Aprendizagem pelo próprio governo federal. “Existem eventos como o Fórum Nacional de Aprendizagem – de onde voltei recentemente – que ajudam a ampliar o conhecimento e discutir a melhor maneira de mobilizar companhias para essa finalidade”, relata Marinus. O consultor da Wiabiliza concorda e diz que a necessidade de aprendizes sempre existiu, porém, nos dias de hoje, temos entidades constituídas para o tema e isto trouxe à contratação de aprendizes um tom mais profissional para o ingresso desta força jovem no mercado de trabalho.

Jovem Aprendiz

Que empresas tem vagas abertas para menores aprendizes?

A Lei determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional (prática e teórica), cumprindo cotas que variam de 5% a 15% do número de funcionários efetivos qualificados. É facultativa a contratação de aprendizes pelas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).

Ainda assim, mesmo com os 2 sites que citei acima, algumas emrpesas tem um programa próprio de menor aprendiz para 2014, a se saber. Um site que reúne essas vagas é o manager Online, clique aqui e confira

 

Conclusão

Muitas empresas estão aderindo  à contratação de aprendizes por intermédio do CIEE/PR, nos termos da legislação específica (Lei nº 10.097/2000 que estabelece a obrigatoriedade de inclusão de jovens a partir de 14 anos de idade nos quadros de empregados. Entre as empresas parceiras, a TIM Brasil trabalha com aprendizes desde agosto do ano passado e os resultados têm sido satisfatórios.

“Entendemos que essa primeira oportunidade é a base, o alicerce para a vida profissional desses jovens. É natural a indecisão nesta época da vida e acreditamos que o programa seja importante para dar uma ideia de como é o trabalho em uma empresa, das oportunidades diferentes de trabalho que existem, do relacionamento com as pessoas” – afirma Renata Conceição Marques, do setor de Recursos Humanos. Segundo ela, “os jovens precisam de exemplos e esses devem ser positivos, uma organização pode e deve auxiliar muito na formação e o fato de incluí-los em outra realidade com certeza desenvolve a cidadania”.

Bom pessoal, espero que tenham aprendio de forma clara como funcionam os progamas para contratação de menor aprendiz nas grandes empresas, ok?

Dúvidas e sugestões, abusem e usem dos nossos comentários!

3 Comments

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *