Como se preparar para o Enem?

Veja nossas dicas de como se preparar para o enem e arrase nas provas!
Os alunos que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) devem ter como meta o planejamento, a dedicação e o foco, até porque essa se trata da prova mais concorrida de nosso país.
Apesar de toda a concorrência conhecida dessa prova, você não deve se ater a isso, justamente para não tirar o seu foco daquilo que precisa: estudar!
O Enem é uma prova que mede os seus conhecimentos, apesar de dispor de questões de alto nível, esses questionamentos são divididos com base no conhecimento explorado na questão, além do nível cobrado (alguns são mais difíceis que outras, e tem peso maior).
De qualquer forma, a melhor maneira de se preparar para o Enem é começar os seus planejamentos com antecedência, criando um cronograma ou utilizando-se de diversas ferramentas para tal fim.
Pensando nisso, hoje separamos algumas dicas de como você pode começar a se preparar para o Enem, pois a antecedência é primordial nessa preparação.

Dicas de como se preparar para o enem

como se prreparar para o enem

Organize o seu tempo

A priori, você deve começar a sua preparação para o Enem organizando o tempo, afinal, nem todas as matérias serão estudadas no mesmo dia e no mesmo período entre elas. Quando você dividir o seu tempo, em um curto prazo já vai perceber como isso faz a diferença.
É de suma importância que você abandone antigos hábitos prejudiciais à saúde, principalmente aquele que virar a noite para estudar, porque não estudou para alguma prova. o ideal seria se planejar e estudar aos poucos quase todo dia.
A constância é mais importante do que a quantidade, isto é, se você estudar um pouco todos os dias da semana isso fixará melhor na sua mente do que estudar tudo de uma vez em um único dia.
Claro que isso varia de acordo com cada aluno, e você pode ir testando o que achar melhor para o seu aprendizado.
Ao organizar o seu tempo, você vai criar naturalmente um ritmo de estudo, que ao longo desse tempo vai se ajustando, com base nas suas necessidades.

Tenha o seu próprio espaço para estudar

Sabemos que pode ser difícil para alguns alunos montarem o seu próprio espaço para estudar, principalmente aqueles com condições financeiras não estáveis.
Contudo, caso esteja ao seu alcance, tente montar o seu próprio espaço para estudos, e isso não quer dizer que você precisa ter a melhor cadeira do mercado e nem a melhor escrivaninha que existe.
O seu espaço para estudar não é um luxo, e sim uma necessidade. Se você tiver um local específico para estudar, vai perceber que esse estudo se tornará muito mais dinâmico e produtivo.
Quando você estuda, por exemplo, na sua própria cama, esse estudo não será produtivo, e com certeza você vai acabar dormindo.
Claro que, reforçando, entendemos que nem todo mundo tem as condições financeiras para isso, mas se você puder organizar um cantinho organizado para seus estudos, faça! É um investimento em você.

Tenha o seu próprio cronograma de estudos

Depois que você planejou um determinado horário no dia para estudar e montou o seu próprio espaço para essa finalidade, chegou o momento de criar o seu cronograma de estudos.
Já adiantamos que você deve dar uma atenção redobrada para os assuntos que tem mais dificuldade, ao contrário do que muitos fazem, que é banalizar essas matérias e estudar novamente aquilo que tem mais facilidade.
Cada aluno tem uma aptidão, ou desenvolveu uma facilidade maior, em relação a uma disciplina, e por isso, por muitas vezes, vemos as pessoas estudarem aquilo que já dominam e deixarem de lado o que tem dificuldade.
No seu cronograma de estudos, seja realista, isto é, não estabeleça metas diárias que sabe que não vai conseguir cumprir. Ponha como objetivo uma quantidade reduzida de assuntos, a priori, e com o tempo, você vai intensificando esses estudos.
O crescimento gradativo é mais duradouro do que um crescimento repentino. Os estudos devem se tornar um hábito na sua vida, e não algo próximo a provas ou em momentos de emergência.
Detalhe as atividades que você fará no seu cronograma, e deixe o cronograma em destaque, para te lembrar, sempre que possível, que em um período do seu dia você vai precisar se dedicar aos estudos.
Gostaram das dicas pessoal? Sugestões e dúvidas podem deixar nos comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.