Crédito para o Microempreendedor Individual: aprenda como funciona!

Spread the love

Explicamos como funciona o Crédito para o Microempreendedor Individual e como você pode conseguir para seu projeto/empresa.

Quem deseja iniciar seu próprio negócio no Brasil, sabe que nem sempre é fácil enfrentar a carga grande de impostos e taxas, e ainda ha outro problema grave: o crédito para o investimento. Por isso, hoje nesse artigo, vamos explicar como funciona o Crédito para o Microempreendedor Individual, e como é possível conseguir com taxas baixas e facilidades. mas primeiro entenda o que é é essa categoria de micrompreendedor individual. Confira.

O que é o micro empreendedor individual

Crédito para o Microempreendedor Individual

O MEI  ou Micro Empreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um empreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 36.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

A Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal possa se tornar um Empreendedor Individual legalizado.

Entre as vantagens oferecidas por essa lei está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que facilitará a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais.

Crédito para o Microempreendedor Individual – como funciona?

Pois é, como você viu, o MEI também pode contar com facilidades para a obtenção de crédito.

Como funciona

Para que você possa  contar com a linha de crédito para o micro empreendedor individual, o primeiro passo é realizar a regularização da empresa acessando o Portal do Empreendedor www.portaldoempreendedor.gov.br e seguindo as orientações para efetuar seu cadastro na modalidade MEI – Micro empreendedor Individual, ou buscando orientações com alguma empresa contábil inscrita no Simples Nacional, pois essas empresas prestam esse serviço sem custo.

Os bancos que promovem crédito com vários modalidades são: Caixa Econômica, Banco do Brasil, Itaú e Bradesco.

Tipos de Linhas de crédito para microempreendedores

Crédito rotativo de cartão de crédito PJ e limite de cheque especial
São linhas de crédito cujo uso é mais flexível, ou seja, o empreendedor não precisa indicar a finalidade do empréstimo para ter acesso a elas.

Crédito Direto ao Consumidor
O empreendedor pode lançar mão do CDC para financiar computadores, notebooks, celulares, tablets, máquinas e equipamentos.

Antecipação de Recebíveis
Permite que o empreendedor receba à vista suas vendas a prazo com cartões de crédito, cheques e duplicatas.

Cartão BNDES
O cartão foi criado para financiar investimentos das micro, pequenas e médias empresas, por meio da compra de mais de 150 mil produtos disponíveis no portal de operações.

Microcrédito
É uma linha de crédito que geralmente tem limite menor, mas tem taxas bastante interessantes.

Conclusão

Bom caros leitores e leitoras que desejam se tornar empreendedores e abriram seu própio pequeno negócio, espero que tenha ficado claro como é possível atingir essa meta e conseguir crédito nos bancos com taxas mais facilitadas.Agora basta fazer seu cadastro e ir ao banco escolhido para se interar. Lembrando que é bom ir em mais de um banco para pesquisar e ver a melhor proposta. Boa sorte nos negócios!

Já falamos aqui em outro artigo sobre como vender pipoca gourmet, sugiro a leitura.

Dúvidas e sugestões, podem deixar nos comentários!

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *