SALÁRIO MÍNIMO 2019: Valor, como funciona e mais!

Spread the love

Desde 1940, o salário mínimo é uma implementação positiva no mercado de trabalho, pois oferece mais dignidade ao trabalhador brasileiro. Além de ser uma das principais conquistas dessa classe, pois garante o mínimo do padrão base.

Até o ano de 2011 não havia um critério especifico para a definição do seu reajuste. Após esse ano, ficou estabelecido que seria feito da seguinte maneira; o valor seria um resultado da soma do índice da inflação do ano anterior pelo INPC – índice nacional de preços ao consumidor e a taxa de crescimento da economia de dois anos antes fornecido pelo IBGE – instituto brasileiro de geografia e estatística.

Com base nisso, o reajuste é feito de forma correta e justa, buscando atender ao máximo a necessidade do trabalhador de acordo com a economia atual.

SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL

SALÁRIO MÍNIMO 2019

Diferente da Previdência Social, que é unificada e nacional, o salário pode variar segundo a região.

Alguns trabalhadores não ganham o salário mínimo, mas o salário da sua região, que não poderá ser menor que o mínimo nacional.

Devido a uma maior economia nos Estados, essas regiões escolheram por estipular o salário mais adequado para a sua população.

No Estado de São Paulo o salário é de R$ 1.000,00 (mil reais); No Estado do Paraná é de R$ 1.052,34 (mil e cinquenta e dois reais e trinta e quatro centavos); No Estado do Rio de janeiro é de R$ 1.052,34 (mil e cinquenta e dois reais e trinta e quatro centavos); No Estado de Santa Catarina é de R$ 1.009,00 (mil e nove reais); E no Estado do Rio Grande do Sul é de R$ 1.103,66 (mil cento e três reais e sessenta e seis centavos).

Lembrando que outros estados não mencionados também possuem salário regional e esse salário pode aumentar de acordo com a categoria do trabalhador. E também de acordo com o aumento anual é feito o seu acréscimo.

SALÁRIO MÍNIMO 2019

O então presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, decretou para o ano de 2019 um aumento para o salário mínimo nacional. O que acarretará um benefício para mais de 40 milhões de pessoas a partir do dia 01 de janeiro.

Devido ao aumento estabelecido para 2019 os demais benefícios trabalhistas e previdenciários também sofrerão um reajuste.

O valor a ser em 2018, R$ 998,00.

É valido, portanto, observar que o aumento feito nos últimos anos é percebido de forma clara. Em 01 de janeiro de 2012 o valor do salário mínimo era de R$ 622,00 (seiscentos e vinte e dois reais), ou seja, cresceu em mais de R$ 300 reais nos últimos 5 anos.

E de acordo com o Governo, se a economia do país se manter estável, o aumento menor do valor gerará uma economia enorme para o Brasil.

SALÁRIO MÍNIMO 2019

COMO É FEITO O CÁLCULO DO SALÁRIO MÍNIMO LÍQUIDO?

Para realizar o cálculo do salário mínimo é fundamental levar em conta os descontos estabelecidos pelo INSS- Instituto Nacional da Seguridade Social, pois o seu valor líquido irá também depender de quais benefício o trabalhador está por contribuir.

Dessa forma, ele ficará estabelecido sempre com 8% a menos do valor, devido ao imposto do INSS.

E os benefícios que contam na diminuição do valor do salário mínimo são esses:

  • IR;
  • Vale Refeição – margem de até 20 %.
  • Vale Transporte – margem de até 6 %.
  • INSS – margem de 8 a 11%.
  • Contribuição Sindical.
  • Pensão Alimentícia.
  • Atrasos e faltas.
  • Assistência odontológica e assistência médica.

BENEFÍCIOS TRABALHISTAS E PREVIDÊNCIÁRIOS E O REAJUSTE COM BASE NO NOVO SALÁRIO MÍNIMO

De acordo com o novo salário mínimo alguns benefícios também terão o prazer em serem aumentados, entre eles temos; o décimo terceiro salário, o seguro desemprego, o auxílio doença, o salário maternidade, a pensão por morte do empregado, a aposentadoria por invalidez, idade e tempo de contribuição, a reabilitação profissional, entre outros.

Além de que os abonos salariais liberados a partir do dia primeiro de janeiro de 2019 também sofrerão acréscimos.

Porém, não são somente esses benefícios que serão prestigiados com o aumento do salário mínimo para o ano de 2019, os programas do Governo Federal destinados a classe trabalhadora e aos de baixa renda também terão seu pagamento acrescido. Pode-se observar entre os programas o bolsa família, a bolsa escola, o programa chapéu de palha (programa do governo do Estado de Pernambuco), entre tantos outros.

IMPACTOS DO AUMENTO DO SALARIO MÍNIMO

O aumento do salário mínimo trará ao mercado a circulação de mais de 50 bilhões de reais devido aos gastos a mais que terá o Governo Federal e as companhias que possuem trabalhadores assalariados. Além de diminuir um pouco as dívidas do brasileiro e girar a economia nacional.

Ficou alguma dúvida acerca do tema? Nos mande sua pergunta, pelos comentários abaixo ou por e-mail. 

Fonte: Saibaseusdireitos.org

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *