Pronatec jovem aprendiz: veja como funcionará esse programa de bolsas

Veja tudo sobre o pronatec jovem aprendiz, que o governo quer lançar para qualificar jovens e melhorar o ensino, confira agora

Se qualificar para exercer uma boa profissão é algo super difícil, todos nós sabemos disso, e quando surgem iniciativas legais todos nós temos de apoiar. Hoje por exemplo vamos falar do pronatec, mais especificamente do pronatec jovem aprendiz que tem surgido com mais frequência nessa época de eleições, até mesmo com discurso de candidatos promovendo sobre eles.

Pronatec – do que se trata

pronatec

Indo bem direto ao ponto, Pronatec é a silga para programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego e foi criado pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.Ele promove essa integração através de bolsas para cursos de qualificação e posterior encaminhamento para empresas.O programa atualmente é de responsabilidade do minstério da educação e tem 2 tipos de cursos:

Cursos Técnicos (longa duração)
Cursos que objetivam capacitar o aluno com conhecimentos teóricos e práticos nas diversas atividades dos setores produtivos. Acesso imediato ao mercado é um dos propósitos dos que buscam estes cursos.

Qualificação Profissional (curta duração)
Cursos de curta duração, com carga horária mínima de 160 horas, que desenvolvem competências e formam profissionais capacitados para entrada no mercado do trabalho.

Mas agora, vamos entender o caso do Jovem aprendiz no pronatec

Pronatec Jovem aprendiz – como funciona?

A ampliação do Pronatec, com a criação do Pronatec jovem Aprendiz foi anunciada dia 10 de setembro pelos ministros da Educação, José Henrique Paim; do Trabalho, Manoel Dias, e da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos.

De acordo com o programa as micro e pequenas empresas poderão contratar jovens aprendizes por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, Pronatec Aprendiz. O credenciamento e certificação dos estudantes que serão encaminhados como aprendizes às micro e pequenas empresas serão custeados com recursos do programa federal.

As micro e pequenas empresas interessadas na contratação de jovens aprendizes deverão se inscrever no site do programa. A partir da demanda dos empregadores, serão definidas as vagas para os estudantes interessados. O Ministério do Trabalho fará a articulação entre os jovens matriculados no Pronatec e a empresa para a efetivação do contrato.

Clique aqui e conheça

Conclusão

Bom pessoal, espero que tenham curtido essas informações sobre o pronatec jovem aprendiz. Um outro programa sobre o qual já falamos aqui, é o educa mais brasil que também é bem legal, apesar de não ser exatamente do governo, sugiro a leitura do artigo.

Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *