NOVAS REGRAS DO FIES: SAIBA TUDO AQUI!

Conheça as novas regras do Fies e veja como tudo irá funcionar.

O Ministério da Educação revisou o Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies, e em 2018 haverá mudanças. O modelo do programa foi reformulado com o objetivo de atender melhor os estudantes que mais necessitam do programa. Em 2018 serão 310 mil vagas disponíveis, em três tipos de modalidades com taxa de juros reduzido. Saiba tudo aqui sobre as novas regras do Fies!

Fies

novas regras do fies

Criado em 1999, o Fies já ajudou milhares de estudantes a cursarem o ensino superior. Esse programa do governo federal tem como alvo, ajudar os estudantes a pagarem a graduação do ensino superior em universidades particulares de todo País. Esses estudantes são aqueles que não possuem condições financeiras para assumir os custos de uma faculdade privada.

Esse programa funciona como um financiamento, que o aluno assume para pagar as mensalidades. Depois de se formar, o estudante paga esse financiamento de forma parcelada e com juros.

Na última quarta-feira (05), o Presidente Michel Temer comunicou algumas medidas para o Fies.

Novas Regras do Fies

As novas regras do Fundo de Financiamento Estudantil integram uma medida provisória, escolhida pelo governo federal para tornar viável o programa, que hoje possuem um índice altíssimo de inadimplentes. Veja as principais mudanças:

Desconto Automático na Folha de Pagamento

As novas regras do Fies determinam a retirada direta na folha de pagamento, depois de concluído o curso superior. Outro tipo de ocupação como empresário, informal, desempregado ou autônomo, efetuarão o recolhimento no programa e-social. No entanto, se a renda recebida for insuficiente, o pagamento será de um valor mínimo. Os contratos já combinados, não serão afetados pela nova regra que só valerá a partir do próximo ano.

3 Tipos de Contratos

A partir de 2018 o Fies disponibilizará três opções de contratos, que identificará o perfil de cada estudante. Com essa proposta, o governo presume a acessibilidade de 100 mil vagas, para alunos de baixa renda inscrever-se no Fies com juros zero. Confira a seguinte divisão:

  • Fies 1

Serão 100 mil vagas por ano com juros zero, para estudantes com renda familiar de até três salários mínimos, com parcelas de 10% da renda mensal.

  • Fies 2

Esse é voltado para alunos que tenham a renda familiar de até cinco salários mínimos. Serão 150 mil vagas para estudantes que moram nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com juros de 3%.

  • Fies 3

É para alunos que tenha a renda familiar de cinco salários mínimos mensalmente, com taxa de juros reduzido (mas até o momento não informado). Serão disponibilizadas 60 mil vagas.

Financiamento Parcelado

As novas regras do Fies, impõem que o valor de cada parcela não comprometa mas que 10% da renda mensal do aluno.

Taxas de Juros

Independente do contrato, o Fies cobrava do aluno um juro de 6,5% ao ano. Com a nova regra do Fies, o aluno poderá pagar juros de 3% ou mesmos pagar as parcelas com juros zero.

Mensalidade Financiada

O Fies só financiava até cinco mil reais. Com a nova regra, não haverá valores máximos.

Prazo de Carência

Antes o programa determinava um tempo de carência de 18 meses para começar a pagar o financiamento. Hoje, o tempo de carência é finalizado quando o aluno começa a trabalhar após terminar a faculdade.

Recomendados para você:

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *