Curso de detetive: Onde fazer, como funciona e mais!

Spread the love

Se você está a procura de um emprego na área de detetive há basicamente três formas de exercer alguma função ligada ao que você denomina como detetive. Essas formas são: Se tornar policial civil por meio de concurso público para o cargo de investigador de polícia, trabalhar como autônomo, isto é, por contrato direto de pessoas que desejam esclarecer questões como espionagem empresarial ou casos de adultério, tornar-se perito criminal, que também é uma carreira dentro dos quadros da polícia civil.

O QUE FAZ UM DETETIVE

Um detetive é aquele que é responsável por detectar um fato, pilhar, investigar, desmascarar circunstâncias e pessoas nelas envolvidas. É o responsável por investigar os fatos, suas circunstâncias e as pessoas nelas envolvidas.

Se você gosta de desafios, é inteligente e gosta de descobrir segredos e desvendá-los, talvez você seja um bom candidato a se tornar um detetive. Caso você não seja uma pessoa paciente, essa não será a profissão adequada para você, principalmente se você busca se tornar um detetive particular no futuro.

Em relação ao mercado de trabalho, nos últimos anos o número de profissionais na área aumentou bastante.

ONDE FAZER CURSO PARA DETETIVE

O curso de detetive pode ser encontrado pela internet de forma gratuita ou paga, podendo ser presencial ou online. Os cursos que são oferecidos de forma paga possuem valores bem acessíveis em torno de r$ 150,00, podendo ser mais caro ou até mais barato. Tanto os cursos gratuitos quanto os pagos oferecem certificado para já atuar na área de trabalho como um detetive particular.

QUANTO GANHA UM DETETIVE PARTICULAR

Um detetive particular ganha em média r$ 5 mil, podendo até ganhar mais que isso dependendo do grau de dificuldade da investigação na qual o profissional está envolvido. Alguns profissionais da área chegam a faturar facilmente R$ 20 mil em meses de maior trabalho.

No Brasil, os investigadores particulares normalmente cobram entre R$ 80 e R$ 150 por hora. Os valores devem ser acordados antes do início do trabalho e deve ser cobrado um pagamento de entrada de ao menos 20 % do valor, mediante contrato, para garantir que se supram os gastos diários com a investigação como gasolina, lanches, entre outros pequenos gastos que são necessários.

COMO FUNCIONA O CURSO DE DETETIVE

Para se tornar um detetive particular não é necessário um curso superior, ou seja, o profissional não precisa ser graduado mas ele precisará de um curso específico da área de detetive. Os cursos que são oferecidos geralmente dão noções básicas sobre a profissão, mas o que conta mesmo é a prática e a experiência.

Nesses cursos eles irão aprender noções de direito criminal, varredura eletrônica, como usar fotografias nas investigações, técnicas de perseguição, como fazer relatórios, entre várias outras técnicas necessárias.

Pra quem procura mais cursos na net, já falamos sobre o dia a dia educação, sugiro a leitura.

4 Comments

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *